Associação de Curralinho distribui máscaras para sócios e moradores.

Em mais uma parceira entre o COMBACIN – Conselho de Moradores do Bairro Cidade Nova; a ACCDECA – Curralinho; a APLB-Sindicato; a APAE; em conjunto com a SETRE – Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (do Governo do Estado da Bahia); foram distribuídas 2.000 máscaras para munícipes valentenses. As máscras são de forros duplos, 100% algodão, confeccionadas no município de Itiúba e adquiridas pela gestão estadual, posteriormente encaminhadas para as entidades nos municípios. ACCDECA – Associação Comunitária, Cultural e Desportiva de Curralinho e Adjacências recebeu através da parceria com…

Valente: JZ Produções e Willen Lima entregaram várias cestas básicas.

Fruto da arrecadação da Live Solidária realizada pelo cantor Willen Lima, as doações foram entregues em vários bairros da cidade e comunidades. Foram arrecadadas através de doações: 44 cestas básicas e 25 sacolas de roupas. Todo o montante foi distribuído com familias carentes nos bairros: Conjunto Habitacional Roberto Nascimento (Populares velha); Populares Novas; Juazeiro; Petrolina; Minação; Antonio Lopes; Beira Rio; José Moreira; e a comunidade de Curralinho, através da Associação local. O Cantor Willen Lima e a JZ Produções agradecem de coração a todos que colaboraram nesta live solidária, e…

AL-BA renova decretos de calamidade pública em 381 municípios.

A Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) realizou sessão virtual nesta segunda-feira (29), onde votou e aprovou, por unanimidade, a renovação dos decretos de estado de calamidade, em mais 90 dias, em 381 municípios, em razão da pandemia da covid-19. Também foram aprovados seis novos projetos de decretos legislativos municipais solicitando o reconhecimento do estado de calamidade pública em Mansidão, Potiraguá, Novo Triunfo, Mundo Novo, Maracás e Buritirama. A AL-BA também aprovou os projetos 29.06/2020 e 29.05/2020 – este último que trata do processo eletrônico, assinatura e certificação digital no âmbito…

Especialista ensina como diferenciar os sintomas da dengue, zika, chikungunya e covid-19.

As arboviroses dengue, zika e chikungunya, transmitidas pelo aedes aegypti ou popularmente chamado de mosquito da dengue, vêm preocupando a população e as autoridades de saúde na Bahia, além da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Em Salvador, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) registrou, de janeiro a maio deste ano, 8.400 casos de dengue, zika e chikungunya, um crescimento de 338% em relação ao mesmo período de 2019. A Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana informou que entre janeiro e abril deste ano houve um aumento…